Bot

Confira as 6 tendências para os BOTs que você precisa saber

A forma como clientes interagem com empresas está mudando todos os dias, graças à tecnologia. A inteligência artificial, em particular, está liderando o caminho para a otimização do atendimento ao cliente — especialmente com as novas tendências para os BOTs.

No post de hoje, você vai conhecer algumas tendências dessa tecnologia. Descubra o que é preciso para garantir que o seu atendimento ao cliente seja significativo e traga benefícios reais para a sua empresa e para o consumidor. Boa leitura!

 

1. Ferramentas para indústrias específicas

Se 2016 foi o ano dos BOTs genéricos, com empresas e desenvolvedores encontrando sucesso ao criar experiências simples de usar e fáceis de executar. Para crescer nos próximos anos, será preciso uma abordagem diferente.

As tendências para os BOTs atuais são ferramentas para indústrias específicas, construídas com foco direcionado e que se encaixam a fluxos de trabalho e a sistemas estabelecidos — como os CRM’s. O propósito disso é satisfazer aos anseios de áreas como a mídia, o e-commerce e tantas outras.

De fato, uma das grandes vantagens dessa nova filosofia dos BOTs é que eles serão capazes de cortar custos com muito mais eficiência.

BOTs servem para diminuir a barreira entre empresa e público, otimizando o atendimento ao cliente — seja por texto ou por voz. Em breve, sistemas operacionais permitirão que as pessoas “conversem” com seus computadores de forma natural. Assim, o consumo de informações deve se tornar mais dinâmico e particular. Essa tendência, muito provavelmente, também se estenderá para o ambiente profissional.

Por isso, os BOTs para indústrias específicas são importantes. Eles precisam conhecer os jargões desses ambientes e saber como acelerar a produtividade.

 

2. Integração mobile webview

Pode parecer algo simples, mas ser capaz de abrir um site móvel dá aos desenvolvedores de BOTs uma maneira de:

  • aumentar a entrada de usuários;
  • oferecer recursos de pesquisa mais ricos;
  • alavancar os frameworks móveis a que já nos acostumamos.

E isso é especialmente valioso em e-commerces, onde a implementação de mensagens estruturadas pode ser trabalhosa e pesada.

O webview permite que um BOT acesse um catálogo completo de produtos sem complicar a interação. Isso é importante porque um BOT é, comparativamente, barato para construir e relativamente rápido para se desenvolver.

Por outro lado, quando pensamos nas suas versões para e-commerce, alguns fatores tornam essa equação mais complicada e onerosa.

Com o webview, há uma solução simples e rápida que mantém a interatividade alta e os custos reduzidos.

 

3. BOTs e mais BOTs

Ao ver a concorrência usando BOTs e perceber que eles estão ganhando força, as empresas vão empurrar suas equipes de desenvolvimento e marketing na mesma direção. Além do mais, a corrida dos BOTs já começou e deve resultar no crescimento e proliferação de novas experiências — no Messenger, via SMS e em outras plataformas.

Há também outro aspecto que impulsiona isso: estamos cansados de baixar tantos aplicativos! Por isso, recursos como a computação em nuvem se popularizaram tanto. E os BOTs eliminam a sua necessidade por completo, pelo menos no que diz respeito ao atendimento. Essa é uma grande vantagem e certamente fará com que vejamos BOTs e mais BOTs por aí nos próximos anos.

 

4. Mais estrutura

Quando nos venderam a ideia de BOTs, havia também o conceito de que eles falariam uma linguagem natural. Porém, essa abordagem que imita uma conversa entre pessoa, embora seja apropriada para muitas situações, nem sempre atende ao que deveria: solucionar os problemas do consumidor.

Agora, os desenvolvedores já entendem isso e a tendência é criar menos BOTs que imitam conversas, focando mais em atender aos desejos do interlocutor.

A linguagem natural pode ser de grande ajuda quando já conhece bem a empresa, seus produtos e serviços e está habituado à sua forma de atuação. Na situação oposta, uma abordagem assim pode transformar a experiência em um desafio.

Certamente, soluções precisam ser concebidas de acordo com cada problema — e é isso que podemos esperar dos BOTs do futuro: um estímulo à inovação.

 

5. Faça você mesmo

De fato, a tendência em relação aos BOTs é ter mais facilidade para encontrar, usar e construir um.

Enfim, à medida que o ecossistema amadurece, mais pontos de melhoria vão sendo identificados. Assim, novas ferramentas são disponibilizadas para atender a essas necessidades.

Portanto, fazer um BOT para o seu negócio já é simples e deve ficar ainda mais fácil nos próximos anos.

 

6. Social BOTs

Assim como acontece com todas as tendências do mercado, à medida que os BOTs assumam as tarefas diárias, mais e mais pessoas vão compartilhar seus preferidos com familiares e amigos.

Em breve, é bem possível que surja alguma inovação para compartilhar socialmente as plataformas prontas para uso e as ferramentas de desenvolvimento. Num futuro próximo, BOTs virais serão uma realidade.

O declínio dos aplicativos móveis é notório, e o crescimento dos sistemas de conversação também.

Até 2020, o cenário vai se inverter: as pessoas hoje se adaptam aos computadores (aprendendo o que perguntar e como perguntar). Em breve, eles é que vão ouvir e se adaptar ao resultado esperado pelos usuários.

Enfim, à medida que as ferramentas inteligentes — como BOTs — evoluem e se tornam mais populares, elas partem de um modelo autônomo para um modelo colaborativo.

Um sinal disso é o lançamento da API de BOTs do Messenger, pelo Facebook. Ele permite que qualquer um crie um BOT na sua plataforma. A tendência é que a tecnologia cruze suas ferramentas para evoluir e realizar tarefas com mais precisão a cada dia.

Todos os anos, o Gartner analisa centenas de dados, a fim de detectar como eles gastam seu dinheiro e o que está em suas mentes. Portanto, a experiência do cliente é o novo campo de batalha.

A consultoria projeta que mais de 85% das interações do cliente serão gerenciadas sem a participação humana até 2020, e que os BOTs devem ser as aplicações de destaque nesse setor.

Enfim, a sua empresa não pode ficar de fora das tendências para os BOTs. Por isso, baixe nosso e-book e saiba mais a respeito delas agora mesmo!