Jornada para a Nuvem

Entenda os desafios da TI e explore as oportunidades na Jornada pra Nuvem

Você consegue enxergar o impacto da Jornada pra nuvem na operação da sua empresa?

Antes de mais nada, vamos falar de “inovação”. Ela está ligada a habilidade de visualizar oportunidades, mobilizar recursos e explorar possíveis vantagens que trarão mudanças e resultados positivos a organização. Sendo assim, torna-se vital para manter a competitividade, desenvolvimento e diferenciação das organizações no mercado cada vez mais competitivo. Planejar e definir bem as etapas é o grande desafio para qualquer projeto.

No exercício de compreender melhor os desafios da organização e o posicionamento da TI frente a necessidade de uma Jornada pra nuvem, alguns questionamentos são importantes para aferir o que de fato gera dor pro negócio como:

  • falta de disponibilidade da TI;
  • problemas de performance;
  • tecnologia que não permite escalar/inovar;
  • servidores depreciados;
  • e dificuldade em reduzir custos.

 

A importância da análise de riscos

Como minha TI hoje gera valor ao negócio? Com a minha infra atual é possível escalar e inovar? Em quais riscos estou inserido? Por exemplo:

  • Parada dos serviços;
  • Perda financeira;
  • Redução de produtividade;
  • Gastos excessivos de prevenção de incidentes;
  • Por consequência estou perdendo em competitividade.

Além disso, se a solução para mitigar os riscos citados acima for a Jornada pra nuvem os seguinte critérios também deverão ser analisados:

  1. Escolha da solução aderente as necessidades do negócio;
  2. Limitação de budget (orçamento) e fluxo de pagamentos;
  3. Estratégia para abordar o projeto internamente com os tomadores de decisões;
  4. Escolha do parceiro que tenha compromisso real com o projeto.

Não avaliar bem os riscos, iniciar um processo de Jornada pra Nuvem “sozinho” visto a complexidade técnica de migração, dificuldade na escolha do melhor modelo (Iass, Saas e Paas), a falta de conhecimento em dimensionar corretamente as instâncias (máquinas) e disponibilidade, todos esses pontos fazem com que a organização “no final das contas” pague muito mais caro na solução e não perceba a infinidade de recursos que podem apoia-lo em inovações.

E se as palavras de ordem forem: otimização, redução custos e inovação? É importante contar com especialistas certificados, com know-how e que entendam bem a experiência do cliente na solução.

Dessa forma, considere buscar um parceiro que provenha estudos detalhados do ambiente, do investimento e que consiga apoia-lo a capitalizar a TI na organização.

Enfim, estabelecida a parceira é hora de acompanhar, otimizar e reduzir ainda mais os custos da operação em nuvem, tendo ainda o parceiro como principal provedor de informações, relatórios e insights para construção das novas estratégias.

Quer um parceiro para te ajudar a identificar os desafios e riscos na Jornada para a Nuvem? Conheça a SGA Tecnologia Inteligente e entre em contato com um especialista.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *