Gestão de TIJornada para a Nuvem

5 maneiras de impulsionar a jornada para a nuvem com ações de Marketing

Conheça algumas estratégias que agregam valor ao seu negócio e apresentam resultados significativos a sua empresa antes, durante e depois da Jornada para a Nuvem.

A equipe de TI da sua empresa informa que é hora de migrar para a Cloud Computing – realizar a Jornada para a Nuvem. Legal! Mas como ter certeza que toda a equipe está preparada para isso? Quais cuidados são importantes para apresentar essa mudança ao mercado? Como agregar valor à essa decisão? Não se preocupe, essa é uma dúvida comum para as empresas que apostam na tecnologia como ferramenta para a inovação.

Diante da demanda, logo é acessada a equipe de Marketing. Para alavancar as vendas ou fazer publicidade? Não, não é bem assim. Marketing é muito mais do que vender, divulgar, fazer posts, vídeos, criar peças gráficas, “fazer propaganda”, enfim, o principal objetivo é ajudar as empresas a atingir seus objetivos de negócio, sejam eles quais forem.

E como fazer isso? Primeiro de tudo, é muito importante que as áreas do negócio estejam alinhadas, principalmente, quanto ao posicionamento que a empresa pretende assumir no mercado e aí sim determinar os objetivos que deseja atingir.

A seguir apresentamos estratégias que irão contribuir na divulgação e influência da Jornada para a Nuvem dentro e fora da empresa:

 

1. “Quem não é visto não é lembrado”

De acordo com pesquisa do IBGE, o Brasil fechou 2016 com 116 milhões de pessoas conectadas à internet, o equivalente a 64,7% da população com idade acima de 10 anos. E o que isso quer dizer? Simplesmente: Marque presença nos meios digitais!

E ter presença digital não é ter apenas um site, uma página no Facebook, no LinkedIn. Presença digital é ter conteúdo, é mostrar para o mundo “quem é a empresa”, o que faz de melhor, como pode ajudar e, de alguma forma, influenciar pessoas a decidirem que comprar com vocês é a melhor solução.

Enfim, é através dos canais de comunicação onde seu público, seus concorrentes e parceiros estão que a sua empresa irá divulgar as inovações que agrega e os resultados que alcançou com determinada solução, como a jornada para a nuvem.

E não é só isso. Você sabia que seus vendedores não são os únicos que “vendem” na sua empresa? Pois é! Todos os membros da sua empresa são vendedores. De certa forma, eles vendem o “nome da empresa”, compartilham as ideias, publicam fotos do trabalho, da equipe. E quando satisfeitos e orgulhosos, falam bem de onde trabalham. Isso sim é uma boa ferramenta de lembrança de marca, concorda?

Outros vendedores excepcionais são os clientes e parceiros. Isso mesmo! Quando satisfeitos com os serviços prestados ou produto oferecido, fazem a indicação da empresa. O relacionamento durante o contrato também faz diferença pois, através de um atendimento de primeira não há disputa por preço que vença.

Portanto, conquiste a credibilidade dos seus públicos interno e externo para transmitir as suas informações e ações com mais assertividade.

 

2. Forme parcerias estratégicas

Antes de mais nada, é importante ressaltar como a escolha de uma boa parceria pode ser a diferença entre impulsionar seu negócio ou desperdiçar tempo e dinheiro com uma solução insuficiente.

Tudo se resume a escolher a melhor solução, que mais se adequa às suas pretensões de crescimento e otimização de processos gerenciais e operacionais. E essa solução é apresentada por uma parceria estratégica.

Ou seja, acertar na escolha do parceiro é um passo importante para aumentar a sua competitividade no mercado. Há algumas formas que contribuem com essa busca, como por exemplo:

  • Faça parceria com empresas que sejam autoridade nas soluções que oferecem, ou seja, identifique um bom parceiro através das certificações e credenciais que possuem e que indicam com mais precisão a especialidade e competência da empresa e sua equipe.

 

  • Ao escolher migrar para a nuvem, é extremamente importante estabelecer parceria com empresas que fazem um diagnóstico minucioso antes de realizar qualquer ação. Por exemplo: estudo do ambiente; a escolha do provedor de nuvem para o qual pretende migrar; como aproveitar ao máximo a infraestrutura oferecida; como projetar a operação dentro desse novo ambiente de forma otimizada e econômica, dentre outras questões.

 

  • E não basta apenas aderir Cloud Computing. Uma experiência positiva jornada para a nuvem depende de muitos fatores e o gerenciamento é um deles. Sendo assim, é importante ter uma equipe de especialistas em cloud capaz de otimizar o ambiente na nuvem para melhoria contínua de performance e redução de custos.

 

3. Seja um Caso de Sucesso

Quando alguém precisa de um serviço, uma solução ou um produto, o que geralmente é feito? “Fazem um Google!” Não é mesmo? Pois é, praticamente todos os conteúdos que são publicados podem ser encontrados nos mecanismos de busca da internet.

E se o nome da sua empresa for um caso de sucesso publicado no site de um parceiro, compartilhado nas redes sociais de diversas pessoas? Você seria facilmente encontrado, concorda?

Assim, quando alguém buscar qualquer indicação na internet relacionada com o que oferece, poderão encontrar a sua empresa, entender o que fazem e até mesmo conhecer um projeto de sucesso que realizaram junto à um parceiro.

E se for a divulgação de uma solução inovadora que adotaram, é melhor ainda. Isso prova o quanto a sua empresa se preocupa em melhorar o serviço ou produto que oferece tanto aos clientes quanto aos funcionários.

Então, imagine estar em um grupo seleto de empresas que adotaram Jornada para a Nuvem? Na era que estamos chamada de Transformação Digital ir para a nuvem já não é mais uma questão de “se” e sim de “quando” ou “como”.

E nesse contexto, se a sua empresa decidiu adotar tecnologias como a cloud computing, divulgar essa iniciativa como um caso de sucesso poderá ser uma boa vantagem competitiva.

 

4. Inove! Evolua o patamar da sua empresa

Esteja à frente! Quer uma dica: Inove!

Inovar não é só mudar de lâmpada incandescente para uma de LED. Inovar é adotar soluções que tragam sentido para o seu negócio. É agregar valor, aumentar a competitividade e sustentabilidade da empresa com esforços geralmente ligados à tecnologia.

E, principalmente, inovações tecnológicas geram resultados como:

  • automatizar processos;
  • aumentar a eficiência da gestão;
  • aumentar a produtividade;
  • redução de custos já que são capazes de “simplificar” processos que antes custavam tempo e dinheiro.
  • garante maior agilidade;
  • nível maior de segurança
  • incentiva e facilita a inovação em todas as áreas de atuação aumentando a vantagem competitiva no mercado.

Outra vantagem é melhorar a experiência do cliente, do usuário. Ao lidar com sistemas evoluídos, a rotina se torna mais produtiva, as ações mais rápidas e menos complexas. De certa forma, as inovações impactam positivamente nos resultados da empresa.

Portanto, ao inovar desta forma, sua empresa estará se destacando no mercado, elevando o patamar junto aos concorrentes. Além disso, gera credibilidade e confiança aos clientes.

 

5. Fique por dentro da Transformação Digital

Enfim, atualizar, inovar, buscar novas tecnologias que possam agregar valor à sua empresa e tragam resultados – principalmente financeiros – são as melhores escolhas que as empresas podem adotar na era da Transformação Digital.

Executivos do setor, preveem o ano de 2020 como um momento de forte investimento de TI em iniciativas de transformação digital e acreditam que o marketing é o maior responsável pela influência e divulgação das novas tendências.

De fato, todas as áreas da organização estão envolvidas nesse cenário, mas não podemos ignorar que a essência disso tudo mora na tecnologia e ninguém melhor do que a área de TI para controlá-la.

Quer saber mais sobre como seria esse processo para a sua empresa? Acesse o site da SGA Tecnologia Inteligente e conheça as soluções que podem trazer sucesso ao seu negócio.