Sua migração para nuvem está pronta, mas você não sabe como os funcionários de diferentes departamentos vão reagir ao processo? Se essa é uma dúvida para você, significa que a comunicação interna da sua empresa ainda não é suficiente para garantir uma transição perfeita.

Sim, comunicação é muito importante! Para que você entenda o papel central que ela tem na hora de migrar o seu negócio, este artigo conta o que você precisa saber. Vamos lá?

 

 

Divulgação

A primeira coisa a se pensar quando começam os preparativos para uma migração é que a nuvem significa muito mais do que uma nova forma de armazenar dados. A cloud computing tem hoje o potencial de transformar negócios de dentro para fora — uma mudança que pede engajamento de todos os envolvidos.

A comunicação interna feita antes, durante e depois da migração deve ter esse objetivo: mexer com a cultura da empresa — a forma como todos funcionários trabalham, como eles se relacionam, como eles se posicionam diante do sistema que utilizam todos os dias.

É muito importante comunicar para a empresa, em todas as áreas, um projeto desta importância mostrando o posicionamento estratégico que a organização pretende estar, investindo em tecnologia para melhorar os processos internos e o produto/solução entregue ao cliente.

 

Preparando todos os departamentos para a migração

Parte dessa cultura passa também por preparar todos os funcionários para lidarem com sua nova realidade produtiva. Treinamentos para o uso das ferramentas são essenciais.

Mas é possível ir além disso. A comunicação interna pode educar quanto a novas políticas de acesso e uso, novas regras de colaboração e como a nuvem contribui para a rotina de cada um deles — não só como processos isolados, mas demonstrando o papel de um indivíduo no negócio como um todo.

Dessa forma, a empresa ganha de cara um sistema mais seguro, confiável e produtivo.

 

 

Transformando a migração para nuvem em um processo simples

O objetivo dessa preparação é tornar o processo simples também para os funcionários que não têm nada a ver com a implementação da nuvem em si. Grande parte dos problemas na migração vem da resistência pessoal e uma dificuldade inicial para se adaptar a novas rotinas e processos.

A comunicação interna pode ser a facilitadora durante a mudança. Tirar o medo da tecnologia e deixar funcionários seguros quanto ao uso de um novo sistema é parte fundamental de uma operação otimizada. Quando a migração estiver completa, a equipe estará pronta para abraçar esse momento como uma oportunidade de crescimento para todos.

 

 

Criando um relacionamento próximo entre TI e outros departamentos

E a comunicação interna voltada para essa mudança de cultura não pode terminar depois da migração completa. Uma empresa focada em usar a tecnologia para alcançar novos mercados precisa estar em constante renovação e buscar sempre novas formas de aproveitar a cloud computing para tornar seu trabalho mais eficiente.

Esse também pode ser um meio para aproximar TI e todos os departamentos. É muito comum empresas isolarem o setor por considerá-lo um time de apoio, mas, a partir do momento em que a nuvem está implementada, a TI passa a ser foco estratégico do negócio.

Comunicar sempre foi e sempre será a chave para aproximar, educar e engajar pessoas. Na migração para nuvem isso não é diferente. Se você quer aproveitar ao máximo o potencial que a tecnologia traz para o seu negócio, é hora de envolver todos os funcionários nesse objetivo comum e trabalhar a comunicação interna buscando sincronia e união entre todos os departamentos.

Se você gostou das dicas, que tal receber artigos como este diretamente no seu e-mail? É só assinar a nossa newsletter!

Comentários

comentários