Virtualização de servidores

VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES

Se sua empresa já realizou um grande investimento em recursos de TI e entende que ainda não é o momento de migrar o seu ambiente para uma nuvem pública, a nuvem privada é a melhor maneira para agrupar e centralizar os recursos do seu ambiente e ofertá-los como serviço para os seus usuários.

A principal diferença da nuvem privada para a nuvem pública é que a primeira fica no seu ambiente, não necessariamente dentro da empresa, mas dentro do firewall, totalmente gerenciada e com acesso restrito aos seus funcionários e parceiros de negócios.

Virtualização de Servidores x Nuvem Privada

Para otimizar sua nuvem privada, a virtualização de servidores passa a ser um componente chave para centralizar tarefas administrativas, responder mais rápido às necessidades do negócio, facilitar a vida da sua equipe de TI e ainda reduzir as suas despesas.

A Virtualização de Servidores é uma forma de dividir os recursos de um servidor físico em vários servidores virtuais, também chamados de máquinas virtuais, de modo que possa executar diversos sistemas operacionais no mesmo hardware físico e ao mesmo tempo.

Essas são algumas vantagens da virtualização de servidores:

  • Redução de custos: com menos equipamentos físicos para se gerenciar o custo com pessoal, energia e refrigeração fica mais reduzido;
  • Provisionamento rápido de novos servidores;
  • Redução do downtime: Menor tempo de parada em manutenções programadas;
  • Rápida recuperação de falhas, backup otimizado e Recuperação de Desastres fácil;
  • Simulações: Com as máquinas virtuais é possível criar ambiente de testes;
  • Compatibilidade total com as aplicações;
  • Melhor aproveitamento do hardware: com o compartilhamento do hardware entre as máquinas virtuais reduz-se a ociosidade do equipamento;
  • Gerenciamento, instalação e suporte centralizado;
  • Adaptação às diferentes cargas de trabalho: A carga de trabalho pode ser tratada de forma simples. Normalmente os softwares de virtualização realocam os recursos de hardware dinamicamente entre uma máquina virtual para a outra;
  • Balanceamento de carga: Toda a máquina virtual está encapsulada, assim é fácil trocar a máquina virtual de plataforma e aumentar o seu desempenho;
  • Migração para a Computação em Nuvem facilitada.

Virtualização não é cloud computing!

Essencialmente, a virtualização difere da computação na nuvem porque é um software que manipula o hardware, enquanto a computação na nuvem é o resultado dessa manipulação.

Virtualizar seu ambiente atual é o primeiro passo rumo à nuvem híbrida ou pública. É uma das formas da TI estar mais ligada ao negócio, e entregar mais funcionalidades com menos recursos.

 

Entre em contato conosco! Sabemos como explorar todo o potencial da nuvem privada Microsoft para virtualizar o seu ambiente.