Gestão de TI

Entenda como funciona a virtualização de servidores

140204_redes_blog-resized-600

A virtualização de servidores é a conversão de um servidor físico em vários espaços virtuais, individuais e isolados, que podem ser ocupados por múltiplos usuários de acordo com seus requisitos.

Como se trata do processo de criação de uma representação baseada em software, a virtualização pode se aplicar a servidores, armazenamento, redes e aplicações e é uma das maneiras mais eficazes de reduzir as despesas de TI.

Com a virtualização, a sua empresa funciona de maneira mais eficiente e ágil, sem que para isso precise desprender muito capital. Ficou interessado no assunto? Então continue lendo este post:

O que é a virtualização de servidores?

As organizações de TI são desafiadas pelas limitações da arquitetura dos servidores atuais. Estes, projetados para executar apenas um sistema operacional ou um aplicativo por vez. O resultado disso é que pequenos Data Centers precisam implantar muitos servidores, cada um operando em no máximo 15% de sua capacidade.

A virtualização utiliza software para simular a existência de hardware e criar sistemas de computadores virtuais. Isso permite que as empresas executem, simultaneamente, mais de um sistema operacional ou um aplicativo em um único servidor, o que gera mais eficiência e economia de escala.

Como funciona a virtualização de servidores?

A virtualização completa é feita usando software hypervisor, que usa diretamente a CPU do servidor físico e seu espaço de armazenamento no disco rígido. O hypervisor mantém os servidores virtuais separados uns dos outros, permitindo que os convidados usem suas respectivas versões e tipos de sistemas operacionais.

O papel desse software é manter seu sistema operacional independente ao mesmo tempo em que o torna consciente da carga colocada no servidor físico por todas as criações virtuais. Em virtualizações no nível do sistema operacional, um hypervisor não é necessário, e o sistema operacional do anfitrião controla os recursos.

Por que virtualizar é benéfico para a minha organização?

Uma máquina virtual é um recipiente de software isolado, com um sistema operacional e um aplicativo. Cada máquina virtual autônoma é completamente independente, e colocar várias delas em um único computador permite a execução de múltiplos sistemas operacionais e aplicativos em apenas um host.

Uma fina camada de software, conhecida como hypervisor, desacopla as máquinas virtuais do host e aloca dinamicamente os recursos de computação para cada máquina virtual conforme necessário.

Máquinas virtuais oferecem uma série de benefícios, permitindo executar múltiplos sistemas operacionais e dividir os recursos de seus servidores de forma eficiente. Além disso, fornecem o isolamento de falhas e preservam o desempenho de cada máquina com controles avançados de recursos. Conheça agora mesmo algumas de suas principais vantagens.

Economia de custos

Sua empresa não economizará apenas no hardware físico de servidores e nos gastos com energia e resfriamento. Ela também poupará no tempo que costumava gastar para administrar uma série de servidores físicos. E, por isso, os usuários finais serão mais produtivos, já que essa manutenção otimizada gera menos tempo de inatividade.

Disaster Recovery simplificado

Disaster Recovery, ou recuperação de desastres, é um plano de contingência que indica como as empresas responderão a incidentes não planejados. Esse plano consiste numa série de precauções documentadas que minimizam os efeitos de um evento inesperado. E a virtualização de servidores pode otimizá-lo.

É que nesse modelo as máquinas virtuais são independentes de hardware. Ou seja, nenhum de seus sistemas está vinculado a um servidor em específico. Dessa forma, é simples restaurar backups baseados em imagens em qualquer hardware capaz de suportar seu software de virtualização.

Mais produtividade, menos recursos

Em tempos críticos departamentos de TI são forçados a fazer mais com menos. E a virtualização de servidores torna sua administração mais eficiente e ágil, o que permite que as empresas conquistem mais resultados sem ter de investir em novos recursos.

Consolidação do servidor

Este é o benefício mais óbvio da virtualização: o fato de que ele consegue reduzir o número de servidores físicos de que uma empresa precisa e aumentar a utilização dos que ela já tem. Isso resulta em menos espaço ocupado, economias em cabeamento e numa simplificação da manutenção.

Melhor uptime

A partir do momento em que você tem um ambiente virtualizado, aplicativos não estão mais vinculados a servidores específicos. Uma aplicação executada em uma máquina virtual pode ser facilmente movida para outra, se necessário. Isso simplifica a execução de atualizações, mantendo seus funcionários sempre online e produtivos.

Entrega rápida de soluções

A TI, muitas vezes, pode se tornar um gargalo para projetos de negócios devido à falta de recursos disponíveis. Às vezes, os ciclos de compra não correspondem com os ciclos de teste e as implantações físicas são um grande desafio por si só. A virtualização abre as portas para o desenvolvimento e entrega ambientes de testes prontos para serem usados, conforme necessário.

Gerenciamento de TI simplificado

Com a virtualização, funcionários da TI são salvos de boa parte do trabalho de manutenção e aprovisionamento exigido por servidores físicos. Considerando que as tarefas de rotina representam pelo menos metade do tempo dos funcionários em quase todos os departamentos de TI, os ganhos de produtividade em potencial são substanciais. Adicionar novos servidores e mantê-los está à distância de uns cliques.

Processos comerciais mais ágeis

O mundo dos negócios evolui de forma constante e as empresas precisam ser capazes de responder de acordo. Se os horários de implantação tradicionais exigiam horas de planejamento, a infraestrutura virtual permite que seu negócio escale rapidamente, adicionando novos servidores sob demanda.

Mudar a forma como seus recursos são alocados também é simples. Isso aumenta a capacidade que sua companhia tem de se adaptar a novas estratégias.

Prepare-se para a nuvem

Quando você elimina a necessidade de hardware subjacente específico começa a preparar o caminho para a virtualização dos dados. E, à medida que se torna mais confortável com a ideia, você já terá uma vantagem para ingressar na computação em nuvem.

Flexibilidade no upgrade

Digamos que sua empresa tenha pelo menos um servidor antigo, com mais de cinco anos de idade. O sistema operacional funciona bem, mas existe o risco de que o hardware comece a falhar. E não queremos lidar com a falha de um equipamento que não se encontra mais no mercado.

A garantia do fabricante pode já ter expirado e suas peças podem não ser mais vendidas. E aí, o que a sua empresa deve fazer nessa situação?

Caso ela conte com servidores virtualizados, poderá configurar o hardware de um servidor novo. Além de empilhar a imagem do sistema operacional, que vinha executando nessa nova máquina. Com agilidade, segurança e a certeza de que tudo voltará a funcionar em alguns instantes.

Sistemas operacionais múltiplos

Se você possui aplicativos antigos que exigem sistemas operacionais legados e precisa de rodar, ao mesmo tempo, suas versões mais recentes, você pode executar ambos no mesmo hardware.

A virtualização suporta inúmeras configurações de sistemas operacionais distintos.

Controle de aplicação

Quem tem vários aplicativos sendo executados em um único servidor sabe que uma alteração ou atualização neles pode afetar o funcionamento de todo o sistema. Algumas aplicações podem ter requisitos específicos, por exemplo, que causam conflitos em outras instalações.

Servidores virtuais isolados podem ser configurados para cada aplicativo e, consequentemente, evitar isso.

Acelere a implantação de aplicativos

A virtualização permite o desenvolvimento de uma compilação de servidor virtual padrão que pode ser duplicada facilmente. Além disso, o que acelera a implantação de servidores de pré-produção.

Os servidores de produção real, por sua vez, podem ser replicados para testar um novo software em ambiente não produtivo. Durante esses períodos, fazer e desfazer mudanças e configurações é mais simples.

Como é a virtualização de servidores nas empresas?

Se a virtualização faz sentido para o seu negócio, existem várias etapas para facilitar a transição. Algumas ferramentas funcionam mostrando o quão fácil pode ser a implantação e gerenciamento de servidores virtuais.

Descobrir quanto custa virtualizar seus servidores é outro aspecto importante, e você pode fazer isso acessando nosso post.

Para as pequenas e médias empresas a virtualização deve ser conduzida com cautela. Por isso, o uso de softwares como esses para simular este acontecimento é positivo.

Neste caso, é imprescindível que antes de virtualizar, crie um mapa da de todos os seus ambientes de rede.

Esse mapa deve ser organizado de acordo com as 5 etapas da implantação da virtualização de servidores:

  1. avaliação do sistema,
  2. avaliação de pessoal,
  3. avaliação de gerenciamento,
  4. execução
  5. e avaliação de sucesso.

Há por aí muitos recursos para fornecer treinamento de baixo custo para a sua equipe de TI. Portanto, o objetivo é lidar melhor com o conhecimento técnico necessário para que a virtualização seja um sucesso.

Quais são as garantias que tornam a virtualização de servidores uma escolha segura?

É possível salvar todo o estado de uma máquina virtual em arquivos e mover e copiar cada uma delas com a mesma facilidade com que você replica um documento de texto. Além disso, o usuário é capaz de provisionar e de migrar suas máquinas virtuais para qualquer servidor físico, sem limitações.

Portanto, com a virtualização de servidores, sua empresa pode maximizar o uso de recursos de um servidor, não precisando de vários deles para a maioria das suas demandas. O resultado é uma consolidação do parque tecnológico com mais eficiência e menos desperdício de recursos.

Enfim, agora que você já sabe o que é virtualização de servidores, como ela funciona e quais seus benefícios, o que acha de assinar a newsletter da SGA Tecnologia? Por meio dela, compartilhamos conhecimento para que você possa estar à frente de todas as importantes tendências de TI.