Gestão de TI

Aprenda a definir o seu plano de carreira em TI e não fique para trás

plano de carreira em TI

Muitos profissionais de Tecnologia da Informação deixam seu plano de carreira em TI de lado, ou simplesmente não pensam em montar um. Principalmente por conta de inseguranças quanto a um mercado tão competitivo e exigente como é o da área de TI.

Esse é um equívoco que deve ser evitado, pois um plano de carreira é essencial para manter e dar um melhor rumo à sua profissão, tanto em curto quanto em longo prazos.

Quer saber mais sobre esse assunto e ter uma carreira de sucesso no setor de TI? Continue conosco!

A importância do plano de carreira em TI

Mesmo estando estável em uma empresa ou começando a carreira sem problemas, é importante traçar a rota e definir metas em longo prazo para crescer cada vez mais em sua profissão.

Esse planejamento é como um mapa, em que se colocam os objetivos profissionais e o que deve ser feito para alcançá-los. De fato, sobreviverão no mercado os profissionais que sabem o que querem e correm atrás dos seus objetivos. E é para isso que o plano de carreira em TI é feito!

O medo de inovar

Trabalhar com tecnologia não garante que você esteja necessariamente atualizado com o mercado. Quando uma pessoa se estabiliza, é muito mais difícil que ela procure inovar, pois isso requer correr riscos.

Com um plano de carreira, é mais fácil alcançar desafios e promover a inovação no seu setor, sem precisar ter medo desses riscos. Um plano de carreira em TI bem-feito aponta o caminho para o objetivo e orienta como chegar a ele de maneira mais segura e efetiva.

Maneiras de delimitar um plano de carreira

Existem certos passos para a montagem de um efetivo plano de carreira em TI. Passos estes que podem ser seguidos para qualquer setor, tanto empresarial quanto pessoal. São eles:

1. Objetivos

A primeira etapa é traçar aonde você quer chegar e em quanto tempo deseja fazer isso. Pode parecer meio óbvio, mas se pergunte: onde você quer estar no mercado daqui a dez anos, por exemplo? A resposta vem com facilidade?

Na maioria dos casos, isso não acontece, e é por isso que este ponto é extremamente importante. É necessária uma reflexão sobre toda a sua vida, o que você gosta de fazer, que carreira quer empreender, aonde quer chegar.

2. Autoconhecimento

Conhecer seus talentos, vocações, qualidades e defeitos é essencial. Para alcançar um objetivo, você precisará de ferramentas — estas são suas aptidões profissionais e pessoais. Sabendo o que consegue fazer e o que não consegue, será mais fácil traçar uma estratégia de como chegar às suas metas.

3. Resultados

Acertos e erros são como a lapidação para um diamante bruto se tornar a joia. Os resultados guiam a direção dos objetivos e demonstram onde estamos nos desviando do caminho, quando precisamos nos aperfeiçoar e quando estamos no rumo certo.

4. Renovação

Quando os resultados se demonstram insatisfatórios ou a partir de efeitos externos, às vezes se faz necessário renovar algumas partes do plano de carreira em TI. Seja reformulando melhor os objetivos, ou definindo melhor as ações de como chegar lá, como aumentar a produtividade, por exemplo.

Use o plano de carreira como um guia e permita que sua carreira cresça cada vez mais!

Gostou de saber mais sobre a importância do plano de carreira em TI e de como montá-lo? Possui alguma dúvida, quer dar-nos uma sugestão ou contar a sua experiência? Então comente aqui!