Jornada para a Nuvem

O que é pay per use para cloud computing e quais suas vantagens?

A utilização de cloud computing vem crescendo cada vez mais entre as empresas e os benefícios disso são muitos. Porém, algo que sempre gerou muita dúvida foi o sistema de contratação dos planos. Afinal, como encontrar um que se adeque exatamente às necessidades de seu negócio? Essa questão não é mais um problema.

O pay per use para cloud computing é o complemento que faltava para que esse serviço se tornasse acessível a qualquer perfil de empresa. Mostraremos aqui suas principais características e as vantagens que ele proporciona. Confira!

 

O que é pay per use para cloud computing?

O termo pay per use se refere ao ato de “pagar pelo que se usa” ou, mais especificamente, apenas pelo que é utilizado. Trata-se de um tipo de acordo ligado a diversos serviços, no qual o usuário não é obrigado a contratar um pacote específico com valor e benefícios fixos.

Na prática, o pay per use pra cloud computing oferece a possibilidade de contratação de um serviço de armazenamento na nuvem que é ajustável às suas necessidades. Ou seja, em vez de pagar um valor fixo para utilizá-lo durante todo o mês, o contratante arca apenas com os gastos relativos ao tempo em que o servidor estava efetivamente em uso.

Portanto, esse modelo permite que a empresa estipule um planejamento estratégico interno e utilize o serviço dentro de suas reais necessidades e possibilidades. Falaremos dessa questão de forma mais didática a seguir.

 

Quais são os benefícios do pay per use

Destacaremos aqui alguns dos principais benefícios do pay per use e como pode ser uma ótima alternativa para diversas empresas:

Redução de custos

Em primeiro lugar, não dá para pensar na adoção de um serviço sem calcular o impacto financeiro que ele pode trazer.

No caso do pay per use para cloud computing, é significativa a redução de custos se comparado a um serviço tradicional, dependendo do perfil de usuário da empresa.

Muitas vezes, o pacote contratado oferece muito mais espaço e processamento do que a empresa realmente precisa, gerando um valor mais alto do que o desejado. Por outro lado, pacotes mais baratos podem deixar a desejar nos recursos disponibilizados.

De fato, o pay per use disponibiliza um pacote flexível e a empresa paga um valor equivalente ao que utilizou.

Utilização inteligente dos recursos de TI

Assim, o setor de TI passa a ser uma ferramenta de ações estratégicas da empresa. Ao invés de uma infraestrutura cara e difícil de se gerenciar.

Com a migração para a nuvem, os profissionais de TI podem focar seu tempo na otimização do uso dos recursos, de forma que os processos sejam mais inteligentes.

Isso significa, na prática, implementação de soluções com mais rapidez e menor custo. Consequentemente, as práticas de TI se aproximam ainda mais dos objetivos do negócio.

Evolução da arquitetura da rede

Enfim, com um serviço sob demanda, a empresa pode:

  • Focar esforços na otimização da arquitetura da rede;
  • Buscar melhorias resulta em uma estrutura mais eficiente;
  • E melhorias como a forma como o processamento e a transferência de dados são feitos.

Isso somado ao fato de que é possível reduzir ainda mais os custos envolvidos com a infraestrutura física da TI. Os processos de TI ganham em produtividade na nuvem e, consequentemente, em qualidade.

Faça uma avaliação em sua empresa e veja de que forma o pay per use para cloud computing pode ser a solução que você esperava para elevar o patamar dos processos de TI e, de quebra, reduzir custos!

Gostou do nosso post? Então deixe seu comentário e conte-nos suas experiências com a utilização da nuvem!